Filme X Livro: Uma longa Jornada


Título no Brasil: Uma longa Jornada
Título Original: The Longest Ride
Autor do Livro: Nicholas Sparks
Filme dirigido por: George Tillman Jr
Gênero: Drama, romance


Oi gente, tudo bom?

Sou apaixonada por livros com romances dramáticos (aqueles que fazem chorar litros... rsrs) e geralmente quem gosta deste estilo já leu todos do Nicholas Sparks, mas a pessoa aqui ainda não tinha lido nenhum livro dele. Vê se pode isso!! Rsrs


Amo os filmes baseados nas obras do Nicholas e sempre quis ler os livros, mas com o acumulo de títulos pra ler acabo sempre deixando os dele pra depois justamente por já “conhecer” as histórias...


Quando vi que iria sair um novo filme baseado nas obras dele pensei: “É desta vez que eu vou te ler Sr. Nicholas!”



Passei Uma Longa Jornada na frente de todos os outros que estava planejando ler e valeu a pena, pois eu amei cada página do livro. Sempre imaginei que esse autor era fera nas suas escritas e tive a certeza absoluta lendo.


Muitos podem ter achado meio clichê, mas eu amo clichês desde que o amor prevaleça.

Uma longa Jornada conta a história de Ira, um senhor de 91 anos, que vive sozinho desde a morte da sua esposa Ruth. Ira sofre um grave acidente quando está indo visitar um local especial para ele e acaba ficando preso no carro com graves ferimentos, na neve e em uma estrada não muito movimentada.

Começa, então, a delirar imaginando que Ruth está ali e com isso começa a conversar com ela relembrando os momentos mais marcantes da vida dos dois... Com essas “conversas” dele com Ruth, conseguimos viver cada momento da história de amor deles. Eu fiquei feliz, emocionei-me, fiquei triste, senti a solidão de Ira, enfim consegui conhecer o casal e entender o porquê de tudo o que passaram.

O livro também conta a história de Sophia, uma jovem que mora em uma casa dessas de fraternidade que tem nas faculdades americanas, com várias meninas. Ela é estudante de História da Arte e está tentando estágio em uma galeria de arte bem conceituada, passou por uma separação complicada e pretende não se envolver tão cedo, principalmente por que após o término da faculdade pretende se mudar.

Um belo dia, por muita insistência de sua amiga Marcia, Sophia resolve ir a um rodeio. Enquanto assiste as provas, um peão chama sua atenção: Luke, um jovem bonito e super talentoso que conseguiu ficar 8 segundos em cima do Boi, tornando-se o campeão .

Luke é um jovem lindo, típico peão (vive com um chapéu na cabeça), mora e trabalha na fazenda com sua mãe. É super dedicado, ajuda a sua mãe em todos os trabalhos na fazenda, sempre que consegue está treinando e de vez em quando sai em viagens rápidas para competir nos rodeios e estar entre os melhores.  Ele tem uma história extremamente intensa nos rodeios que aos poucos vamos conhecendo e entendendo melhor.

Durante a festa de Rodeio , após as provas, Sophia fica entediada e resolve sair do meio da muvuca. Após um momento de paz, seu ex-namorado (ÉCA!!!) aparece e começa a agarrá-la.

Vendo a briga, um peão vem em auxilio de Sophia e consegue livrá-la do ex. Após o ocorrido ela vai agradecer o peão e percebe que é Luke, os dois ficam conversando o restante da noite e percebem que há algo de diferente entre eles. Aos poucos vão ficando cada vez mais próximos e apesar de serem de mundos totalmente diferentes se envolvem num relacionamento delicioso, regado a piqueniques, lagos, caminhas a cavalos e muito mais.

O livro vai intercalando a história dos dois casais, a cada capítulo vamos conhecendo um pouco mais de cada um... E em um certo ponto, a histórias destes dois casais irá se entrelaçar e não posso contar mais nada pra não perder a graça... rsrs

Achei a escrita de Nicholas simplesmente sensacional! Este livro me fez pensar muito no amor, em aproveitar ao máximo os momentos, em demonstrar os sentimentos e jamais deixar pra depois um carinho, uma palavra ou um gesto de amor! 

Falando um pouquinho sobre o filme... Acredito que se você não leu o livro e assistiu o filme deve ter amado, mas como sempre acontece quando você lê o livro primeiro, pra mim, o filme deixou um pouco a desejar. Eu gostei bastante, mas não amei.

A essência da história foi a mesma, mas teve algumas alterações. Gostei da escolha dos atores, gostei da cenografia e posso dizer que AMEI a trilha sonora e falando em trilha sonora...

Pra quem gosta de ler e ouvir música ao mesmo tempo, indico baixar um APP chamado Spotify (A-M-O) que dá pra usar pelo computador também acessando o site. Este App tem várias playlists de música e você vai fazendo uma seleção de acordo com os estilos que gosta! Baixem uma playlist chamada – The longest Ride. Tem algumas músicas do filme e várias outras no mesmo estilo. Sou extremamente viciada, escuto todos os dias... rsrs 




É isso, espero que vocês tenham gostado.

Deixem nos comentários se vocês já assistiram o filme ou leram o livro e se acharam o filme fiel. :)

Beijo e até a próxima.



***


Sinopse por Skoob: Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Enquanto luta para se manter consciente, a imagem de Ruth, sua amada esposa que morreu há nove anos, surge diante dele. Mesmo sabendo que é impossível que ela esteja ali, Ira se agarra a isso e relembra diversos momentos de sua longa vida em comum: o dia em que se conheceram, o casamento, o amor dela pela arte, os dias sombrios da Segunda Guerra Mundial e seus efeitos sobre eles e suas famílias.Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, acompanha a melhor amiga a um rodeio. Lá, é assediada pelo ex-namorado e acaba sendo salva por Luke Collins, o caubói que acabou de vencer a competição.Ele e Sophia começam a conversar e logo percebem como é fácil estarem juntos. Luke é completamente diferente dos rapazes privilegiados da faculdade. Ele não mede esforços para ajudar a mãe e salvar a fazenda da família. Aos poucos, Sophia começa a descobrir um novo mundo e percebe que Luke talvez tenha o poder de reescrever o futuro que ela havia planejado. Isso se o terrível segredo que ele guarda não puser tudo a perder.Ira e Ruth. Luke e Sophia. Dois casais de gerações diferentes que o destino cuidará de unir, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia nesta longa jornada que é a vida.


Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Poxa, eu achei triste a história de Ira e Ruth. É deprimente quando uma pessoa passa a viver mais do passado que do presente e as memórias começam a parecer reais - isso em qualquer idade.

    Eu não li esse livro, mas conhecendo Nicholas Sparks, imagino que seja uma obra bem comovente e bem escrita.

    Abraços,

    Alessandro Bruno
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/09/ai-inteligencia-artificial-um-conto-de.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alessandro, eu achei triste mais real.
      Acho que faz parte da vida quando você perde seu grande amor, recordar o passado.

      O livro é super bem escrito e se comovente você quer dizer quase inundar a casa de tanto chorar... O livro é beeem comovente. rsrs

      Excluir
  2. Eu fugi a regra e assisti o filme antes de ler o livro. E dessa vez acho que fiz certo, assim a magia do filme não se perdeu.Por não ter lido o livro antes amei o filme. A escolha dos autores foi perfeita. Tio Nick como sempre arrasou. Quanto ao livro ainda não li todo ainda estou na metade e amando cada capítulo. E agradecendo cada minuto a longa jornada da vida <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, acho que se tivesse assistido ao filme antes, teria amado também, pois até meu marido que não gosta deste estilo gostou do filme.. rsrs

      Mas o livro é sensacional, tio Nicholas me deixou apaixonada!!
      Tenho que aprender a não comparar, pois o filme nunca vai ser realmente tão bom quanto o livro né.

      Excluir
    2. Meu marido também não gosta,mas assistiu e gostou. Dos filmes baseados em livros dele ate agora "um amor pra recordar'' e ''Uma longa jornada'' sao os melhores <3

      Excluir
  3. Respostas
    1. Sério? Você é uma das primeiras pessoas que prefere o filme.. rsrs
      Por que você achou o filme melhor?

      Excluir
  4. Li o livro e vi o filme. Na minha opinião o livro é mais apaixonante. Mas o filme não deixa de ser gostoso de assistir. Bruninha, quando puderes leia Simplesmente Acontece (Cecelea Ahern) e veja o filme. Eu vi o filme primeiro... amei... depois li o livro... amei mais ainda... só que no filme o final feliz vem mais cedo... beijos.. adoro as resenhas...nem sempre comento.. mas tô por aqui... beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Josi, exatamente isso, não é que eu não tenha gostado do filme, eu achei lindo, mas como li o livro primeiro o filme sempre fica um pouco a desejar... rsrs

      Esse livro e filme estão na minha lista, vou ler com certeza e depois faço um post.
      Obrigada pela dica :*

      Excluir
  5. Oi Bruna!!! Amiga eu sou fã do Nicholas e ja li varios livros dele... o que mais amei foi Um porto seguro... confesso que comprei 3 livros dele e nao li nenhum ainda acredita! mas infelizmente depois de ver o filme sempre fico desestimulada de ler por nao ter o efeito surpresa... e eu assisti esse filme... buaaaa! Eu gostei muito do filme... e acho que perdi um baita livro. amei a resenha amiga

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga, perdeu um baita livro mesmo.. rsrsr
      Faz um esforcinho pra ler, ele é muito lindo !!

      Obrigada Andreza :*
      (Não esqueci que me indicou um filme pra assistir tá, ainda irei assistir... rsrs)

      Excluir
  6. Eu simplesmente amo de paixão Nicholas Sparks, se as pessoas dizem que leriam até mesmo a lista de compras de John Green, imagine só o que eu leria de Nicholas, são todos perfeitos e esse não ficou de fora, muito emocionante e cativante. Como sempre, eu chorei rs'

    Blog novo:
    http://vidadeleitoraa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ítalla, sempre gostei dos filmes baseado nas histórias dele, mas nunca tinha lido um livro... Fiquei simplesmente apaixonada pela escrita.

      Eu também, chorei um monte... rsrs

      Excluir
  7. Quando comecei a ler Nicholas Sparks eu achava tudo "a novidade". Depois de um tempo meio que acostumei com as "técnicas" dele e ficaram mais previsíveis, mas ainda gosto de ler. Uma longa jornada, entretanto, ainda não foi um dos que peguei.

    Gostei bastante da sua resenha e pretendo ler o livro também.rs.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, leia sim, você vai adorar.
      Como esse foi o primeiro que li dele, achei apaixonante e encantador o jeito como ele escreve.

      Obrigada, beijos

      Excluir