Na cozinha com a Bel: O Omenalörtsy de Henri - Livro: A Herdeira



Alguns dias atrás a Mariana Ramos veio comentar que tinha acabado de ler o romance A Herdeira (veja resenha aqui ) e ficou encantada com uma receita citada no livro.

Não sou uma excelente cozinheira, não sou nem mesmo boa cozinheira. Estou ali entre o mais ou menos e o completamente razoável, mas como meus amigos sabem que não tenho medo de tentar, lá fui eu procurar a receita do tal Omenalörtsy (sim, é esse mesmo o nome), para testar se realmente era tão maravilhosa quanto parece no livro e na descrição da Mariana.

Como o blog já tem resenha do livro, não falaremos sobre ele aqui, até porque eu não li o livro, tudo o que sei foi a Mari que me contou na resenha dela. Para quem quiser conferir, a receita foi "feita" pelo queridíssimo Henri, um dos selecionados. Henri veio da Noruécia (é um livro de fantasia, então vamos perdoar o fato do lugar não existir de verdade) e é o único que não fala a língua da princesa - tanto que levou um tradutor para a seleção com ele e, como a Mari não é nada normal, ela torce para o tradutor e não para os selecionados.





Primeiro problema, descobri se o doce realmente existia. Afinal, estamos falando de um livro de fantasia. Resultado: O doce existe.

Com isso chegando ao segundo problema, o doce é finlandês, não achei nenhuma receita dele em português e eu não entendo nada de finlandês. Passei horas rodando na internet, com todos os tradutores ligados à máxima potência e nada, alguns nomes da receita era apenas impossíveis de serem decifrados. Até que tive a fantástica ideia de enviar uma mensagem para a Embaixada da Finlândia. Pensei, "vai que os caras são simpáticos e me respondem".

Muito melhor que isso, eles não apenas me responderam como também mandaram a receita em português, explicaram o que é, como faz e ainda deram um super dica de livro que fala da cultura finlandesa.

E querem saber a parte mais engraçada? O Omenalörtsy é só uma prima da Apfelstrudel. Fofoquinha? Algumas amigas estudaram em colégio alemão e me contaram que um dos professores explicou que receitas com maçã são tradicionais na Europa por ... falta de opção. Os caras têm maçã sobrando, mas cadê as bananas? Onde estão os morangos? Coco, o que é isso?

E lá vai a receita!

Gente, pega leve comigo e se acharem algo que não bate, me avisem, porque a receita é traduzida:

Massa base


  • Ingredientes da massa de pão:
1 pacote de levedura seca ativa (2 1/4 colheres de chá) – isso é fermento biológico
Leite morno 1 1/4 xícara
1 colher de chá de sal
1 ovo
1/2 xícara de açúcar
4 1/2 xícaras de farinha branca, mais para amassar, o suficiente para ser firme, mas úmido. (Mais para polvilhar)
1/2 xícara de manteiga derretida
O recheio é maçã picadinha misturada com açúcar e canela.


  • Modo de preparo

Adicione o fermento com o leite quente e deixe descansar por cerca de 15 minutos até que espumoso. Em um misturador, combinar mistura de fermento/leite, os ovos, o sal, a manteiga derretida, açúcar, farinha e adicione um pouco de cada vez até que a massa começa a se unir e você pode amassar.

Sove a massa em uma tigela grande e reserve por 1 hora para subir. Coloque toalha quente sobre a bacia para ajudar neste processo. Depois massa cresceu, cortar círculos de massa (mão livre), círculos serão cerca de 4 polegadas de diâmetro. Você também pode usar um cortador de biscoitos.

Coloque a maçã em cubinhos misturada com o açúcar e canela no centro e feche como um pastelzinho. Use um pincel para escovar na mistura de ovo batido em cada pizza.

Alguns recomendam deixar a massa crescer novamente por mais 1 hora antes de assar (opcional).

Aqueça o forno a 400 graus e asse por 20 minutos até dourar.

Por via das dúvidas, vou dar a receita de Apfelstrudel:
Apfelstrudel
Para a massa filó:
250 gramas de farinha de trigo especial
1 ovo
125 ml de água morna
1 Colher de chá de óleo de girassol

  • Modo de preparo:
Misturar os ovos com o óleo e a água (cuidar para utilizar-se das medidas exatas, se o ovo for muito grande acrescente um pouquinho mais de farinha de trigo).
Peneirar e acrescentar a farinha de trigo e o sal. Sovar tudo para obter uma massa homogenia e firme (quanto mais você sovar a massa, melhor ela fica – 15- 20 min é o ideal) Embrulhar num pano e deixe descansar por pelo menos 20 – 30 minutos (melhor ainda se for por três horas).

Receita para o recheio:
8 maçãs
aproximadamente 100 gramas açúcar cristal
canela em pó ao gosto
100 gramas uva passa
60 ml Amaretto ou outro licor com sabore de amêndoa
100 gramas castanha de caju sem casca
Farinha de rosca doce ao gosto


  • Modo de preparo:
Lavar e descascar as frutas. Cortar em cubos, e misturar todas as frutas juntas numa tigela. Hidratar as uvas passas com o Amaretto, picar as nozes e castanhas. Em seguida misturar todos os ingredientes, menos à farinha de rosca.Verificar a consistência do recheio e acrescentar farinha de rosca até o obter um recheio úmido, mas compacto. Provar e acrescentar mais açúcar, se necessário.

Agora vem a parte difícil: Abra a massa bem fina. Começar com um rolo primeiro e depois usar as costas da mão para esticar a massa. Ela tem que ficar quase transparente e sem rasgar.

Acomode sobre um pano (polvilhado com açúcar) e distribui o recheio em 75% da massa. Dobre as pontas para que o recheio não escape e depois enrole bem firme no comprimento. Asse no forno a 160 graus por cerca 20 min. Para uma melhor aparência pincelar uma misturar de gema de ovo e nata por cima.
O Apfelstrudel deve ficar firme e crocante por fora e úmida e pastoso por dentro. Sirva quente com sorvete de creme ou baunilha.

E então, quem aí vai fazer? Depois me conta como ficou, tá!?

Comente com o Facebook:

18 comentários:

  1. Que post interessante, é bom sair do lugar comum e escrever um tema diferente às vezes. Deu até forme, rsrs.

    Abraços,
    Alessandro Bruno
    http://www.rascunhocomcafe.com/2015/08/o-nome-da-rosa-o-lado-sombrio-da-igreja.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandro, você está coberto de razão: sair do lugar comum, da zona de conforto é uma delícia. Eu pelo menos adoro!

      Excluir
  2. Que delícia... Bel sempre fala que não é boa na cozinha e faz post de comida cada uma mais gostosa que a outra hummmmmm
    beijosss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não sou mesmo Daya, me esforço muito e normalmente as coisas dão certo, mas ter "mão pra cozinha"? Tenho não!

      Excluir
  3. Bebel, sou apaixonada pela série a Seleção, então minha vontade de comer esse doce já começa por aí e fiquei com água na boca com essa receita...
    Parece ser uma delícia!! :D

    Adorei o post, beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu devo ser o único ser respirante do universo conhecido que não gosta dessa série. Tentei duas vezes e achei tão chato e enfadonho. Mas a Mari falou com tanta animação da receita que resolvi procurar...

      Excluir
  4. Obrigada Bebel! Amei ter a receita!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a melhor parte foi minha amiga falando: Cara isso é um tipo de strudel né?! Por que não dá uma receita de strudel? Se quiser tenho uma ótima da época do colégio alemão....

      Excluir
    2. Kkkkkkkk Você respondeu pra ela que a ideia era passar a receita do livro!? Que esse era o propósito do post!? Kkkkk

      Excluir
  5. Noooossa, isso deve ser bom demais!!!!! **__** Será que dá pra fazer com banana? Capaz, né. ^^ Adorei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, depois de consultar a melhor chef de cozinha que conheço (Valeu Manhê!) aconselho o uso de banana nanica, dá certo sim.

      Excluir
  6. Cara, estou realmente agradecendo a minha xará (Mari, pq meu nome é Mariane mas vamos ignorar). Sério, eu acabei o livro hoje (A herdeira) e fiquei: "Eu preciso desse doce, o Henri é um fofo e quero que ele venha cozinhar pra mim", mesmo concordando com a xara que o tradutor é um forte concorrente.
    Mas, continuando... Eu TENHO que fazer essa receita. Sério. Muito obrigada. Você é um anjo. Eu nunca me empolguei tanto com uma receita, tenho que agradecer a Kiera, mas tenho que agradecer você e a minha xará também.
    Muito obrigada!
    :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mari, que legal que você gostou do livro... Estou começando a ficar tentada a ler a série... E o doce é gostoso sim. Pelo menos a Apfelstrudel é muito gostosa!

      Excluir
    2. Mari, que bom que você gostou!!!! Assim que li fiquei pensando que precisava descobrir se a receita realmente existia ou se era invenção da autora.

      Não foi fácil acha-la, como a Bel mesma falou, mas conseguimos (graças ao Consulado)!!!!

      Excluir
  7. Olá, fui procurar a receita do livro e achei seu blog, obrigada pela receita, só queria falar algo sobre os consulados, eles normalmente são simpáticos assim é sempre respondem nossas perguntas sobre a cultura de seus países, quando estava na oitava série uma professora passou um trabalho pra minha turma em que tínhamos que fazer um prato tradicional de cada país que estava na copa do mundo naquele ano, como conseguimos as receitas? Com os consulados e embaixadas de cada país no Brasil, todos foram extremamente simpáticos e solícitos, exatamente como aconteceu com você! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sabrina,

      Legal receber sua visita. Muito feliz mesmo.

      Essa foi a minha segunda experiência com consulados e embaixadas, posso te garantir que a primeira não foi boa não. Mas não sou de reclamar, então vou só esperar que você volte e me diga se gostou da receita.

      Beijos.

      Excluir
  8. Hello, here is the English version, just because I have also read the Selection and wanted to make this recipe available for everyone!!!!!!!

    Dough Ingredients:
    1 packet of active dry yeast (2 1/4 teaspoons) - this is biological yeast
    Warm milk 1 1/4 cup
    1 teaspoon salt
    1 egg
    1/2 cup sugar
    4 1/2 cups white flour, more to knead, enough to be firm, but moist. (More to sprinkle)
    1/2 cup melted butter
    The filling is chopped apple mixed with sugar and cinnamon.


    Method of preparation

    Add the yeast with the warm milk and let it sit for about 15 minutes until frothy. In a blender, combine yeast / milk mixture, eggs, salt, melted butter, sugar, flour and add a little at a time until the dough begins to unite and you can knead.

    Soak the pasta in a large bowl and set aside for 1 hour to rise. Put warm towel on the bowl to aid in this process. After mass has grown, cut circles of mass (free hand), circles will be about 4 inches in diameter. You can also use a cookie cutter.

    Place the apple into cubes mixed with the sugar and cinnamon in the center and close as a cake. Use a brush to brush the beaten egg mixture on each pizza.

    Some recommend letting the dough rise again for another 1 hour before baking (optional).

    Heat oven to 400 degrees and bake for 20 minutes until browned.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hi, thank you for sharing the english version of it! It was so kind...
      We also have other speciel recipes from books if you wanna see...

      http://www.conchegodasletras.com.br/search/label/*%20Culin%C3%A1ria%20Liter%C3%A1ria%20*

      Excluir