Resenha: A Seleção



Título no Brasil: A Seleção (livro 01)
Título Original: The Selection
Autor(a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Ano: 2012
Página: 368






SINOPSE DO SKOOB: Nem todas as garotas querem ser princesas. America Singer, por exemplo, tem uma vida perfeitamente razoável, e se pudesse mudar alguma coisa nela desejaria apenas ter um pouquinho mais de dinheiro e poder revelar seu namoro secreto. Um dia, America topa se inscrever na Seleção só para agradar a mãe, certa de que não será sorteada para participar da competição em que o príncipe escolherá sua futura esposa. Mas é claro que seu nome aparece na lista das Selecionadas, e depois disso sua vida nunca mais será a mesma...


Peguei esse livro pra ler como um "entre livros". Uma fantasia para relaxar. O que aconteceu? Meu "entre livros" virou, mais uma vez, o livro foco e eu não consegui parar até terminar a trilogia com seus devidos POVs. (sim, eu sei que saiu o quarto livro, mas na época eram apenas 3).



O livro é leve, mas uma delícia total de ler e completamente envolvente, sendo uma mistura de romance com distopia.
A história se passa em Illéia, um país dividido em castas; sendo a casta um a da família real e a oito, a menos delas, dos pedintes que passam fome. Para mudar de uma casta para outra apenas casando ou comprando o passe. Cada casta tem seu estilo de profissão designado e não importa se você tem talento para outra coisa, é aquilo que você terá que ser por ter nascido ali.

Este primeiro livro é todo contado em primeira pessoa, pelo ponto de vista de América, uma garota da casta cinco (casta de quem trabalha com artes, como música e pintura). Ela é humilde, mas ainda assim forte, decidida, temperamental, sincera e até mesmo um pouquinho rebelde. Adorei ler sobre uma protagonista que não leva desaforo para casa!

Ela é escolhida para fazer parde da Seleção: uma competição onde 35 jovens tem a oportunidade de dar um salto na vida e meio que levar a família junto, pois uma dessas 35 se tornará a esposa do príncipe.
"Eu não vou lutar. Meu plano é aproveitar a comida até me expulsarem."
De início América não iria se inscrever para A Seleção, porque ela não queria conquistar o coração do príncipe. Ela já estava apaixonada por Aspen, um rapaz da casta seis com quem namora escondido e faz zilhões de planos de casamento e felicidade eterna. Mas, de quebra, todas as escolhidas para a Seleção recebiam uma valor por cada dia que conseguiam permanecer na competição e, na condição em que vivia não fazia sentido recusar tal proposta. Elas também morariam no castelo durante o concurso, teriam aulas de etiquetas e, dependendo de até onde chegassem, poderiam sair de lá como casta três.

Claro que o fato de América ser a única ali que não está nem aí pra conquistar o príncipe chama a atenção dele e a transforma em sua favorita. Clichê, eu sei, mas nem isso me irritou de tanta fofura que é esse livro.
Poucos mistérios são mais empolgantes que o clássico 'quem vai ficar com quem?'
Essa é uma das frases do livro e podemos dizer que é a mais acertada. O triângulo Aspen, América e Maxon é o que atrai a maioria dos leitores. É possível encontrar na internet até "time Aspen" e "time Max".

O livro #01 é mais levinho, com as meninas se conhecendo e um enfoque na competição em si. O dois, por outro lado, já nos traz mais sobre as questões políticas de Illéia e personalidades bem mais fortes com o acirramento da competição.

Gostaram da ideia!? Então leiam o livro! Em breve vamos ter resenha de A Elite, livro 02 da série e também dos dois POVs (O Guarda e O Príncipe). Aguardem!

Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Nossa empolgante. Adoro livros assim. Disputa, triângulo amoroso. Quero ler. Não sei se vou me apaixonar pelo príncipe ou pelo plebeu rsrs mas viu torcer para America ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, que bom que gostou. Eu achei esse livro uma fofurinha total! É bom pra relaxar sem deixar cair muito o nível da leitura.rsss

      Excluir
    2. Gostei tanto que pela indicação já comprei o meu. Não vejo a hora de começar a ler. Bjusss Mari te conto o que achei

      Excluir
    3. Fernanda, fez você muito bem! O Livro mas recente, A Herdeira, está vindo até com marcador de página personalizado.

      Excluir
  2. Dayaaaaaaaaa... menina eu ameei!!! Sou muito romântica... adoro una fantasia assim. Eu já necessito ler ele! Amo essa coisa de príncipe.. seleção... realeza .. Acho mágico! Eu já tinha ouvido sobre o livro... mas como sempre você chamou minha atenção. Como sempre resenha perfeita. Irei ler em breve. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk Andreza, as resenhas da Daya são maravilhosas mesmo, mas dessa vez vc se confundiu. A seleçao é uma resenha minha, tem meu nome e a carinha ali no final, ó. Kkkkkk

      Esse mundo encantado de castelos e príncipes é mesmo muito gostoso. Nos remete à infância, de certa forma. E nesse específico temos uma mistura do imaginário com o real, apresentando uma candidat a princesa mais humana, menos perfeita.

      Excluir
    2. Aí Mari me perdoe!!! Pq eu sempre peço para Daya me avisar e por descuido eu nem observei que não era dela a resenha. Vocês duas são tão brilhantes e tão parecidas nas resenhas que nem sei distinguir pela escrita. Vou ficar mais atenta. Eu ameeei. Meus parabéns! Já estou finalizando um e com uma vontade de começar esse...

      Excluir
  3. Daya já tinha me encantado pela capa...agora depois desta resenha com certeza sera meu próximo livro!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jennifer, obrigada pelo elogio! A Daya também ficou toda animada pra ler o livro...rs

      Depois volta aqui e conta pra gente o que achou. Vamos adorar saber.

      Excluir
  4. Mariiiiiii, eu sou muitooo apaixonada por esta série! Achei uma leitura leve, gostosa e encantadora. Acho uma série bem juvenil, mas adoro livros juvenis.. rsrs
    Eu ainda não li os POVs... Vou ler em breve :)

    Adorei a resenha, Quero ver as resenhas dos outros livros da série :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, teremos resenha de todos eles, inclusive os POVs.

      A próxima sera a resenha de A Elite e só então teremos um post com os 2 povs juntos.

      Excluir
  5. logo quando lançou esse livros minhas amigas foram correndo ler, confesso que não me interessei pq esse negocio de princesas principes e rainhas não é muito comigo
    mas ouvi tantos comentarios bons q li e n me arrependo
    apaixonanteeeee apesar de odiar america as vezes maxton é amor a primeira vista <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rebeka, não sei lhe dizer ao certo o que mais me apaixonou no livro. A história em si ou o fato de ter time Aspem e Tima Maxon.

      Muito disso já se perdeu hoje, porque o terceiro livro já saiu e quem acompanhou desde o início sabe quem venceu.
      Mas quem pegou a coisa no início, como eu, pôde curtir muito essa coisa de cada um defender seu favorito.kkk

      Excluir
  6. Meninas eu sabia que o livro era bom.Mas se eu pudesse prever o que me esperava... Ja teria lido antes.
    logo no primeiro livro apaixonei. Sem duvidas sou do time Maxon. Quis dar uns tapas na America e sei que vou sofrer muito ainda. que venha o proximo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda, tão feliz porque você realmente voltou para contar pra gente o que achou! Poucas são as que fazem isso e, pra dizer a verdade, sinto muito a falta desse retorno. Dá um ânimo tão grande saber que algo que escrevemos animou alguém e que após a leitura do livro essa pessoa continuou gostando da obra...

      Obrigada! Bj

      Excluir