Resenha: Alina (Família Cirilo #1) - Emília Lima


Título no Brasil: Alina (Família Cirilo #1)    
Autor (a) Nacional: Emília Lima
Editora: Sollo Editorial
Idioma: Português
Ano: 2014
Páginas: 126

Olá leitores,

Hoje vou falar de um livro que me encantou logo na capa, linda!!! A diagramação foi feita incluindo desenhos ao longo de toda a obra, cada início de capítulo tem um desenho de uma garota.

A história acontece no Brasil na época que ainda era colônia de Portugal. Vamos conhecer um pouco da vida de Alina Cirilo, uma jovem que veio de Portugal com toda a família; uma garota bonita, educada, generosa, alegre, carinhosa, amorosa, apaixonada pela família e amigos. Ela sempre acreditou que os escravos deveriam ser tratados com respeito e dignidade, foi querida por muitos e invejada por poucos.
Alina desde os doze foi apaixonada por Pedro Henrique, um rapaz de vinte e quatro anos, advogado, casado com dois filhos e trabalhava com o irmão de Alina. Mesmo esse amor sendo correspondido (sim, Pedro Henrique também amava Alina rs) o casamento entre eles era impossível pois na época um divórcio era algo proibido, que nunca deveria acontecer. 

Com o passar dos anos eles ficaram cada vez mais próximos e amigos, não conseguindo segurar o que um sentia pelo outro. Com isso, Alina resolve passar um tempo na casa da irmã.


Você será sempre o meu amor, eternamente, mas não posso destruir a vida de outras pessoas para viver a minha felicidade. Pág. 31

Chegando na fazenda da irmã, conhece uma senhora indígena que morava com a família de Clara (irmã de Alina). Esta senhora, vendo a situação de Alina, resolve leva-la para uma aldeia de índios. Isso não era algo muito comum para pessoas como Clara, mas ela aceita por ser a senhora de confiança. 

Na aldeia Alina conhece um jovem mestiço, filho de uma índia e um português, Naru. Ele se apaixona pela garota branca e fica ao seu lado, ajudando em tudo que ela precisar. Mesmo sabendo da situação de Alina, nunca fez críticas. Com todo carinho e amor que ele cuida de Alina eles acabam se casando e voltam para a capital.

Eu me apaixonei por Naru, um homem digno, amoroso, que mesmo sabendo que Alina amava outro homem, soube faze-la feliz. Todos que o cercavam tinham um carinho muito grande por ele.

A história é tipo um diário, até pensei que fosse da família da autora de tão real que parecia. Torcia pela felicidade de Alina e Naru, que ela soubesse passar por todas as suas guerras e no final vencesse.
Para ela, portugueses, índios e negros era a mesma coisa, a única coisa que os diferenciava era a educação, o estudo, apenas isso. Pág. 46
A autora foi formidável na forma que descreveu tudo que acontecia, me senti amiga de Alina, como se estivesse ao seu lado, compartilhando cada momento. Alina se tornou meu xodó rs.

Para quem gosta de romance, como eu, vai amar essa história tão linda e brilhante, um amor sereno e meigo que consegue nos fazer suspirar. Fiquei imaginando como era viver, naquela época, aqui no Brasil. 

A única coisa de que não gostei foi o livro ser curto demais; poderia ter tido mais diálogo entre os personagens. Acabou e fiquei querendo mais!! Queria mais de Alina rs. Ainda bem que tem o segundo livro, onde vamos conhecer um pouco sobre Ágata, irmã de Alina.

No primeiro livro a conhecemos um pouco, em muitos momentos senti raiva de suas atitudes. Uma garota totalmente diferente da irmã. Só quero ver como vai ser a vida dela depois de tudo que aconteceu no primeiro livro. Ainda bem que o livro já foi lançado e em breve terá resenha dele aqui no blog.


Alina é uma obra de ficção, ambientada na Bahia no final do Séc. XVI e conta a história da família Cirilo, proveniente de Portugal com o intuito de ajudar na colonização do Brasil-colônia.O livro conta a história da vida da família Cirilo e principalmente de Alina Cirilo, personagem principal do livro e do amor dela por Pedro Garcia, um grande amor, mas um amor proibido.Alina é uma personagem de personalidade forte e muito determinada. Alguns acontecimentos mudam drasticamente o rumo da sua vida e mesmo assim ela consegue levar tudo adiante, com toda a coragem que uma moça de sua idade e de sua posição social pode ter.Este livro fala sobre amor, família e as renúncias que às vezes temos que fazer em benefício das pessoas que mais amamos. E, também, de que quando um amor é verdadeiro, ele acontece, mesmo que achemos que o tempo desse amor já passou.

Leia a resenha de outras obras da autora clicando nas imagens abaixo: 


Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Daya, que capa linda esse livro tem!!!
    E sua resenha me deixou encantada, já quero ler este também!! :D

    Parabéns amiga!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna,
      Linda né?? Encantadora :)
      Obrigada beijos

      Excluir
  2. Daya, amo romance histórico; me apaixonei por essa capa. E sua resenha me fez querer muiito ler esse livro. Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fran,
      Romance histórico é lindo demais!!
      Pode ler que você vai ficar encantada.
      beijos

      Excluir
  3. Que linda a capa! Eu estou em um momento de romance de época... Então esse já me chamou atenção. Eu fico curiosa realmente sobre como era naquele tempo.. As coisas eram mais simples porém nos livros tem um encanto indescritível. Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andreza,
      Naquela época tudo parecia ser tudo lindo!! Encantamento :)
      beijos

      Excluir
  4. Conversamos sobre este livro. Parabéns, amo livros de época nos leva pra uma outrarealidade! Depois nos conte sobre o 2º livro!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Zmtortola,
      Conversamos mesmo e é um ótimo livro!! E estou ansiosa para ler o segundo e pode deixar que volto para contar!!
      beijos

      Excluir
  5. Parabéns a resenha ficou perfeita . Já me apaixonei por Alina e Naru só tenho medo de no final não ficarem juntos e eu chorar horrores rsrs de tanto vc falar desse livro comprei pra mim hehehe começando a ler em 3....2...1 fuiii depois volto pra contar se gostei bjus

    ResponderExcluir
  6. Olá Daya...
    Que livro lindo, capa, detalhes das páginas, uma harmonia romântica, bem vintage, amei. Sem me esquecer que esse marcador é um charme e claro a resenha ficou perfeita. Ainda não li nenhum livro do gênero e este é uma boa pedida par a alguém iniciante no estilo, como eu.

    Abraços e bom final de semana.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/2015/07/cronica-carta-que-nunca-mandei-que.html#more

    ResponderExcluir
  7. Muito interessante. Eu adoro livros de época e este parece ser bem do jeito que eu gosto.
    Adorei.

    ResponderExcluir
  8. Muito bom!!! Sabe aquele livro que vc não consegue parar de ler? Li ele todo na manhã de hj. Não conseguia desgrudar um minuto. Chorei muito emocionante. Apaixonei por Naru, alguma coisa em Alina não gostei mas perdoei afinal viramos grandes amigas rsrs. E que pai maravilhoso ela teve. Pena foi o livro ser tão pequeno. Bjusss amei a indicação.

    ResponderExcluir