Garota exemplar: Ame-o ou odeie-o


Filme: Garota Exemplar
Ano: 2014
Sinopse: Amy Dunne (Rosamund Pike) desaparece no dia do seu aniversário de casamento, deixando o marido Nick (Ben Affleck) em apuros. Ele começa a agir descontroladamente, abusando das mentiras, e se torna o suspeito número um da polícia. Com o apoio da sua irmã gêmea, Margo (Carrie Coon), Nick tenta provar a sua inocência e, ao mesmo tempo, procura descobrir o que aconteceu com Amy.
Garota exemplar é um filme lançado em 2014, baseado na obra homônima de Gillian Flynn.  Estrelado por Ben Affleck no papel de Nick e Rosamund Pike como Amy.

As opiniões tanto do livro quanto do filme são díspares entre a maioria dos leitores/expectadores, isso porque Gillian conseguiu produzir uma história em que não há mocinhos e que o problema central, não apresenta saída.

Muita gente desistiu do livro logo no inicio, a autora optou por usar poucos diálogos, os capítulos se alternam entre Nick e Amy, sempre em primeira pessoa, portanto somos levados aos anseios e divagações dos personagens, o que para alguns tornou o inicio enfadonho. Claro que no filme, o recurso visual e as interpretações são os mais importantes e sim, Ben conseguiu imprimir ao personagem toda aquela canastrice necessária. 

Sorriso torto de Nick (Ben Affleck):
Muitos fãs da obra reclamaram do final do filme porque a situação do Nick não foi muito bem explicada como no livro, onde fica claro porque ele aceita  sua situação, mesmo sempre tentando se safar. No livro, embora ainda dê pra compreendê-lo, também houve desagrado com a situação dele.

Eu não concordo com nenhuma dessas críticas, a história é boa e o final é coerente, pode não ser justo com algum personagem mas está de acordo com as características deles. Além disso, não é um conto de fadas no qual o protagonista aprenda uma lição de vida e todos terminem felizes para sempre.


As tramas e reviravoltas são muito bem elaboradas, é preciso muita atenção nos detalhes de cada evento para que se possa acompanhar todos os acontecimentos sem perder o fio da meada. É um jogo de gato e rato no qual não se pode ter certeza de quem é o gato e quem é o rato.

Muito mais que uma simples história de amor, é um livro de emoções e ações extremas. Assim como a relação entre os personagens, a relação público-obra será extrema, ou você vai amará ou odiará a Garota Exemplar.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Ahhh AMO, amo o filme, amo o livro, amo a autora. Já li outros livros dela e sempre arrasa. Adorei. :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirela, que bom saber que vc é como eu: AMA!

      Excluir
  2. eu quero muito ler o livro!
    http://cantinhoparalivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiii, tudo bem??? Eu olhei o filme e adorei, hehhehe, nem por um segundo pensei que tudo aquilo aconteceria ;)
    Mas não me interessei por ler o livro. Isso sempre acontece depois que vejo um filme, mesmo que eu o ame, como na caso, heheh
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso acontece com muita gente Gih, é normal. Uma das grandes emoções em ler um livro é descobrir o final do mesmo e quando já se sabe qual é muita gente acaba perdendo o interesse.

      Excluir