Resenha: Como eu era antes de você



Título no Brasil: Como eu era antes de você
Título Original: Me before You
Autor(a): Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Ano: 2013
Páginas: 320





Este foi o primeiro livro de Jojo Moyes que li e posso garantir que já virei fã de carteirinha. Comprei o livro pela capa (sim, eu fiz isso), achando que seria uma história fofa e romântica, super leve, para ler "entre livros bons". 


Bem, não é bem assim. Esse livro não pode, nunca, ser chamado de um "entre livros" porque ele é O livro. Uma história de amor linda e comovente, que vai arrepiar todos os pelinhos do seu braço, fazer seu coração bater mais rápido e suas glândulas lacrimais trabalharem como há muito não faziam.


Will Traynor é um homem de 35 anos, de família rica, brilhante, lindo e extremamente ativo que, após um acidente, fica tetraplégico e passa a ser ranzinza e a odiar o mundo. Louisa Clark, ou Lou - como passaremos a conhecê-la e chamá-la -, é uma jovem de 26 anos, cheia de vida e irreverente, que ainda mora com os pais e se vê precisando desesperadamente de um emprego para ajudar no sustento da família quando o dono do café aonde trabalhava como garçonete resolve fechar o local.


Will namorava uma modelo antes do acidente, mas o relacionamento deles terminou após o acontecido. Lou namora Patrick, um triatleta super preocupado com o corpo e que, basicamente, não tem nada a ver com ela.

Durante sua busca de emprego Lou responde a um anúncio para ser cuidadora. De alguma forma, quem nem ela sabe ao certo qual é no início, acaba sendo contratada como "babá" de Will por 6 meses. Digo "de alguma forma" porque ela, na verdade, não possui experiência na área e seu currículo não é nada atrativo para uma família rica como aquela. Mas não se preocupem, o real motivo pelo qual ela foi contratada nos será exposto ao longo do texto e é simplesmente... bem, não vou estragar a surpresa pra vocês, mas quando ela finalmente descobre... muita coisa muda.

Lou chega como o furacão que é e muda por completo a vida de Will. Nas primeiras semanas de trabalho descobre que ele já tentou suicídio, inconformado com a situação em que ficou, e coloca como missão de vida fazer os dias de Will o mais agradáveis dentro do possível. Ela pesquisa formas de ele ser mais independente; apesar das suas limitações físicas, leva-o para passeios, cuida da aparência dele...

"Estou lhe dando isso porque poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas" (Will)



Mas não pensem vocês que só ela o influenciou. Will também a transforma, obrigando-a a sair do seu conformismo padrão e a lutar por seus verdadeiros sonhos, mostrando a ela a importância de cada bom momento da vida e a aceitando e valorizando como é (mesmo que ele não demonstre isso com tanta frequência assim) - ele literalmente expande os horizontes da mente de Lou sem nem ao menos ter saído de sua cadeira, fazendo-a amadurecer como mulher, sem deixar seu jeito meigo de menina para trás.

Desse relacionamento surge uma linda amizade... ou será algo mais? Será que a convivência entre eles será capaz de trazer de volta a cor para a vida de Will ou ele tentará novamente "deixar esse mundo"?

Como eu era antes de você é um livro que te leva a aprender muito com os personagens em cada página e passagem. E não estou falando só sobre Will, mas sobre Lou também e aquele namoro dela... e a vez da bebedeira... e sua força de vontade, persistência e capacidade de ver além da mera aparência física.

Não há um momento chato ou insignificante, o livro te prende a cada linha do início ao fim e te marca de forma tal que se torna praticamente impossível esquecê-lo ou não querer indicá-lo para cada pessoa que você vê na sua frente!

Booktrailler (está em inglês e não achei com tradução, mas vale a pena pelas imagens):









CURIOSIDADE - Vai para as telonas! 

01 - Os direitos autorais do livro foram comprados pela MGM. Os autores Sam Claflin (Finnick Odair, Jogos Vorazes) e Emilia Clarke (Daenerys Targaryen, Game of Thrones) viverão o casal protagonista Will Traynor e Louisa Clark. 

02 - Os roteiristas da adaptação cinematográfica são Scott Neustadter e Michael H. Weber, para quem não sabe, são os mesmos roteiristas da adaptação cinematográfica de “A culpa é das estrelas”! 

03 - A previsão é que o filme chegue aos cinemas em Agosto de 2015 nos EUA - não fala ainda quando chega ao Brasil, então vamos torcer para ser uma estréia mundial.


***
SINOPSE DO SKOOB: Como Eu Era Antes de Você - Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe.Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.

Comente com o Facebook:

12 comentários:

  1. Tenho esse livro, mas como sei o que vai acontecer to adiando a leitura, mas pretendo ler antes de lançar o filme.
    Gostei da sue resenha.

    http://escritasnachuva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, é super chato quando já te contam o final de um livro, né? Nas minhas resenhas eu faço de tudo para deixar o final escondido e não dar spoilers.

      De qualquer forma, mesmo sabendo o final, sugiro a leitura. É envolvente e quando você notar vai acabar "esquecendo" o que sabia e se surpreendendo.rs

      Excluir
  2. Ele também foi o primeiro e único livro da Jojo que li e simplesmente amei, é realmente O livro. Em breve vou pegar outro dela pra ler, pq ela escreve lindamente.
    Bjo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bianca, li A Garota que você deixou para trás, também de Jojo (olha a intimidade.rs.). Se você ainda estiver em dúvida de qual pegar em seguida esse é maravilhoso!

      Bj

      Excluir
    2. Certo, esse será o próximo! ;) Bjk

      Excluir
    3. Olha que boa notícia! Um indicação de livro aceita! Que tal depois dar um pulinho aqui e conta pra gente a sua opinião sobre ele?

      Boa leitura!

      Excluir
  3. Oi Mari!
    Nunca li nada da Jojo Moyes, mas tenho vontade porque sempre vejo os livros receberem milhares de elogios. E pela expectativa que os leitores estão pelo filme, esse deve ser um ótimo livro para começar, né?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mariana, minha xará.rs. Seja bem vinda ao Conchego das Letras! Esse é sim um ótimo livro para começar, até porque é o mais conhecido.

      Quanto ao filme, sinceramente estou muito apreensiva. Os filmes têm uma péssima tendência a estragar os livros e esse é um livro tão "perfeito" que não deveria ser estragado por roteiristas que não leram o livro antes de montar o roteiro.rs

      Mas vamos ver no que vai dar, né?
      Bj

      Excluir
  4. Não é a primeira vez que vejo resenha sobre este livro com críticas positivas. O que me deixa com bastante vontade de lê-lo. Parece com que eu estou lendo agora - "O amante de Lady Chatterley" - D. H. Lawrence. Porém, com o enredo totalmente diferente.
    Sucesso!

    sessentaenovecontossecretos.blogspot.com
    [+++++18]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço "O amante de Lady Chatterly", procurarei a respeito.

      Quanto a este livro, é realmente merecedor de ser lido! Acredito que se vc der uma chance para ele não irá se arrepender.

      Excluir
  5. Esse livro é espetacular! Apesar de nunca ter lido, mas a sinopse me atraiu de uma forma que fiquei louca pra comprar, porém minha meta era comprar na Bienal e não consegui encontrar, devido ao local que estava TOTALMENTE cheio e os preços que eram de assustar. Mas esse livro, com toda a certeza, vale muito a pena ser lido. Ele te desperta a seguir em frente e não parar, pois realmente, a vida é uma só.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pamella, compre. Vale muito a pena! Mas prepare os lencinhos, pois ele é triste pra caramba. Chorei bastante ao longo da leitura.

      Excluir