Filmes & Séries: Orange is the new black: As mulheres que vestem laranja


Série: Orange is the new Black
Canal: Netflix
Temporada: 1 a 3
Sinopse da série: A série se desenvolve ao redor da história de Piper Chapman (Taylor Schilling), que mora em Nova York e é condenada a cumprir 15 meses numa prisão feminina federal por ter participado do transporte de uma mala de dinheiro proveniente do tráfico de drogas a pedido da sua ex-namorada, Alex Vause (Laura Prepon), que é peça importante num cartel internacional de drogas. O delito ocorreu dez anos antes do início da série e, no decorrer desse período, Piper seguiu sua vida tranquila entre a classe média-alta de New York, ficando noiva de Larry Bloom (Jason Biggs). Quando presa, Piper reencontra Alex (que menciona Piper em seu julgamento, causando sua prisão): elas reanalisam seu relacionamento e lidam com suas companheiras de prisão. Ao final da segunda temporada, resta a Piper o cumprimento de 8 meses de sua sentença.
Geralmente, o que faz uma boa história é um enredo interessante ou um protagonista forte, bem escrito, as grandes histórias tem os dois juntos e o que falar de uma que tem vários enredos interessantes, humor negro e é repleta de personagens bem escritos? Esta é Orange is The New Black.


A série distribuída pela Neflix foi baseada na autobiografia do mesmo nome de Piper Kerman, publicado em 2014 no Brasil pela editora Intrínseca. Hoje consultora da série, Piper tenta mantê-la o mais próximo da realidade.

Na televisão Piper Kerman é Piper Charpman  e vai cumprir a pena num presídio feminino federal, por ter servido de “mula” para sua ex-namorada traficante 10 anos antes do início da série. É sobre os olhos dela que conhecemos as diferentes detentas da prisão de segurança mínima – suas histórias e suas dores.

Para quem não sabe o título faz alusão ao uniforme laranja que a patricinha Piper passa a vestir na prisão.

A verdadeira Piper e seu livro:

Como em qualquer presídio americano, a maioria das presas são negras ou latinas e se dividem em “panelinhas” de acordo com sua etnia. Esse é o primeiro problema de Charpaman – por ser loira, bonita, estudada e de nível social diferente das outras – não tem um grupo próprio e sofre pra ser aceita como igual entre as detentas, principalmente porque o chefe dos guardas  Sam Healy tem uma atração por ela e acaba a favorecendo, o que deixa muitas zangadas.

A história de Piper é uma história de adaptação e superação: sua vida, seu noivo e seu mundo viram de pernas pro ar e ela precisa sobreviver a isso até o final de sua estadia. E, apesar de ser a protagonista, a história dela não é a mais interessante; pelo contrário, é a mais previsível e insossa. São as outras presas, como a Olhos Doidos (cuja atriz Uzo Aduba ganhou um Emmy pela personagem) que são o forte da série. Suas histórias, embora muitas possam parecer clichês do tipo negro pobrezinho que entra no mundo do crime por falta de oportunidade, elas são pessoas bem humanas com medos e sentimentos bem compreensíveis e fáceis de se identificar.

Outro ponto forte de OITNB é a diversidade: há velhas senis e sãs, mulheres de meia idade e jovens, transexual, homossexuais, negras, latinas e uma russa, gente forte e gente frágil e até mesmo uma deficiente intelectual... Todas tem em comum o fato de que cometeram um erro no passado e precisam pagar, só que o preço às vezes é muito caro porque embora não seja um presídio de segurança máxima, algumas das presas são realmente perigosas e os guardas não são nada gentis.

O sucesso é tão grande que Catherine Cleary Wolters, ex-amante de Piper Kerman e na séria representada por “Alex”, vai escrever um livro com a sua versão da história intitulada como “Out of Orange”.

Clique no link e Assista ao trailer

Comente com o Facebook:

15 comentários:

  1. Oii, tudo bem??? Eu nunca vi a série, mas já vi muitos comentários positivos, embora nunca soubesse bem do que se tratava. Gostei de conhecer sua opinião. Me mostrou um lado que eu não conhecia e eu fiquei bem interessada. Não sou de acompanhar muitas séries , mas gostei muito mesmo =D
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gih, se puder assista, você não vai se arrepender.

      Excluir
  2. Nossa, adorei essa resenha. Achei ainda mais interessante a informação sobre o livro que Catherine irá escrever. Que outros segredos nos serão revelados nele?

    Ainda não assisti a série, confesso, mas tenho curiosidade a respeito.

    Parabéns pelo post Gi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que está esperando Mari? Ela tem humor e ao mesmo tempo é muito comovente.

      Excluir
    2. Eu tô esperando o dia começar a ter 32h, porque 24h tá pouco! É muita série, muito livro, muito estudo e muito compromisso! kkkk. Tem que ser uma coisa de cada vez. Mas irei assistir, com certeza!

      Excluir
  3. "O sucesso é tão grande que Catherine Cleary Wolters, ex-amante de Piper Kerman e na séria representada por “Alex”, vai escrever um livro com a sua versão da história intitulada como 'Out of Orange'."

    Interessante. Este é um livro que eu leria, tomara que chegue logo no Brasil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela disse que não teve a vida tão glamourosa quanto Alex, vamos ver né....

      Excluir
  4. Oi Gi, não conhecia esta série. Parece ser interessante e tratar de temas fortes, e com os quais não temos muito contato.
    Ultimamente não tenho acompanhado muitas séries. A falta de tempo está grande. Valeu a dica.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia, é realmente uma série interessante. Mais ainda por ser baseada em uma história real. Nos permite ver os dois lados de uma mesma moeda. Vale a pena assistir.

      Excluir
  5. Oi
    tenho vontade de assistir essa série muitos falam bem, quem sabe um dia eu assista, legal saber desse livro com a versão da amante.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como já foi dito lá em cima pela Gi, a amanta afirma não ter tido uma vida tão glamourosa quanto a personagem principal dessa série e do livro que deu origem a ela. Mas talvez até por isso consiga fazer um livro ainda mais interessante, por nos mostrar uma vida de maior luta e sofrimento.

      Excluir
  6. Essa série mora oh no meu coração.
    Adrielli Oliveira
    loading1blog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito interessante mesmo, né? Passou a fazer o maior sucesso!

      Excluir
  7. Apesar de todos os comentários positivos, esta série não me prendeu..
    Assisti apenas uns 3 episódios. :(

    Mais não sabia que tinha sido baseada em livros, vou tentar ler o livro! rsrs

    Obrigada pela dica :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna, assim como é com os livros é também com séries e filmes. Mesmo com muitas amando, nunca agrada a todos. E isso não quer dizer que a pessoa que não se agradou está errada... quer dizer apenas que não agradou e pronto.rs.

      Excluir