Indicações da Ana Lúcia: Minha Cura




Gostaria de convidar a todos para conhecer essa história que se passa em Mossoró, envolvendo uma das maiores cirurgiãs do IETM e seu ex-paciente, filho de um Desembargador muito influente na Região. Venha comigo descobrir como a Dra. Joice vai conseguir o cargo que tanto almeja sem a influência do tão grato Desembargador por salvar a vida do seu filho.

Um pouco da minha impressão sobre a história.
Dra. Joyce Marino em sua rotina de plantões em um dos maiores hospitais de emergência de Mossoró se surpreende ao socorrer um jovem que após um acidente de carro chega ao hospital entre a vida e a morte, durante a sua luta para mantê-lo vivo ela se depara com o inesperado…
Como lidar com uma paixão, onde os seus medos ainda são maiores do que tudo, será que Luiz será capaz de derrubar essas barreiras que a impede de se envolver…

Leituras da Mari: A Duquesa Feia - Eloisa James


Título no Brasil: A Duquesa Feia
Título Original: The Ugly Duchess
Autora: Eloisa James
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Pág: 272

Com uma reescrita mais do que graciosa da história do patinho feio, A duquesa Feia chega para encantar corações.

Para o período em questão, mulheres muito magras poderiam ser considerada as pobres ou doentes, logo... eram consideradas feias. Esse era exatamente o caso de Theo. Para completar, possuía uma estrutura facial mais austera, menos delicada; levando muito as dizerem maldosamente que a jovem parecia-se mais com um rapaz. Gostei de como o conceito de beleza e bullying foram tratados em um livro de romance de época.

Tem coisa melhor do que ver os personagens crescerem, amadurecerem, desenvolverem ao longo da trama?

Cantinho da Daya: The Originals - 1ª Temporada




Oi, pessoal!



The Originals tem três temporadas lançadas no Netflix, mas hoje vou trazer a resenha da primeira temporada da série. Eu gosto bastante de histórias com vampiros e comecei a assistir sem nenhuma indicação, só por curiosidade mesmo e quando percebi já estava um pouco viciada e apaixonada pelos personagens. Depois, pesquisando na internet, soube que The Originals é um spin-off da série The Vampires Diares.

A série The Originals é focada na família dos primeiros vampiros criados, conhecidos como os originais e eles são imortais. Tudo começa quando Klaus retorna a cidade de Nova Orleans, onde eles moraram há séculos atrás e ajudaram a construir. Mas algo acontece no passado e eles precisaram fugir as pressas, deixando tudo para trás. Klaus é convocado por uma bruxa, mas chegando na cidade, encontra a cidade reconstruída e habitada por vampiros com harmonia com os humanos, as bruxas e os lobos. O atual chefe dos vampiros é o seu pupilo, a pessoa que ele criou e ensinou tudo o que sabia, Marcel. 

Algo a mais: Entrevista LS Morgan



LS Morgan é uma escritora brasileira que se tornou conhecida no mercado literário em 2015 quando lançou seu grande sucesso Desejo de Vingança, um romance erótico com toques de suspense e alguns personagens com facilidade para serem odiados, incluindo aí a principal personagem feminina.
Dona de uma personalidade exuberante e um bom humor contagiante, Morgan - ou Malévola, como é chamada pelos fãs - tem uma capacidade de conduzir histórias mesclando romance e sensualidade que deixa seus leitores presos na narrativa.
Sem mais enrolação, vamos conhecer um pouco mais da escritora que tem tudo para ser a sensação de 2018, afinal temos um romance ainda mais quente sendo finalizado na plataforma Wattpad.

PERGUNTAS

O que o seu lado leitor(a) acrescenta ao escritor(a)?

Resposta: Ele é crítico e só aceita o que me dá prazer, ou seja, escrevo histórias que eu tenho prazer em ler.

Aproveitando, como o(a) escritor(a) convive com o(a) leitor(a)?

Resposta: Como um "casamento" com seus altos e baixos, mas da para lidar.


Vale tudo na hora de fazer propaganda? Se não, o que seria 'ultrapassar o limite' para você?

Resposta: O limite é não plagiar, não ofertar o que não pode cumprir, não usar depoimentos falsos... e por aí vai.

Qual é a importância de valorizar e investir nos autores brasileiros?

Resposta: De extrema importância, pois aumentará o mercado literário, ampliando a difusão de novos livros e autores, engrandecendo a economia pátria propagando novas obras. 

Na hora de analisar o próprio material você prefere fazer isso sozinho(a) ou confia em outro profissional para essa avaliação? Beta readers, colaboradores, revisores críticos são importantes para a produção do material?
Resposta: Sem duvida não dá para seguir para comercialização ou mesmo apresentação para qualquer editora sem antes passar nas mãos de um revisor profissional(não estou falando de um revisor de word, mas sim uma pessoa com experiência e capacidade técnica de revisar livros com a sua temática). 

Estudo e leitura são consideradas duas das melhores maneiras de melhorar a escrita. Qual é a sua relação com a leitura? Quais são os cinco livros fundamentais na sua vida?

Resposta: Livros fundamentais? Fica difícil pois tenho muitos rios livros em diversas categorias, mas tem alguns livros que realmente estão na minha "estante real", quais sejam.
O PERFUME De Patrick Suskuind - Triller envolvente, com suspense, originalidade, enredo impossível de largar.
A casa amarela de Agatha Chtristie, (mas posso citar tbm todos os outros livros dela). - a capacidade de tramar um enredo capaz de enganar o leitor e jogar na cara dele, ao final do livro, que a verdade estava ali, debaixo do seu nariz.
Conversando com Deus de Neale Dale Walsh. Que livro espetacular! Este livro min sou minha visão de mundo e minhas ideias e conceitos de Deus e sua comunicação.
O retrato de Dorian Gray de Oscar Wide. Que livro esplendoroso! Não sei quantas vezes já reli. Sempre atenta aos detalhes psicológicos de cada personagem.
Sidney Sheldon, aqui não da para citar um livro, todos dissolvidos são brilhantes e abriram meus olhos para romances inteligentes.

Quais são seus escritores favoritos? Por quê?

Resposta: Sidney Sheldon, Agatha Christie, Paulo Coelho, Cecília Meireles, JK Rowling... Porque eles são maravilhosos!!!!

Qual a obra – livro, roteiro de cinema, peça de teatro, novela – você gostaria de ter escrito?

Resposta: Uai! Harry Potter!!!!! Imagine que loucura seria? Hehehehhehe

Cantinho da Daya: O Cisne e o Chacal (Na Companhia de Assassinos #3)


Título no Brasil: O Cisne e o Chacal (Na Companhia de Assassinos #3)

Autor(a): J.A. Redmerski
Editora: Suma das Letras
Ano: 2016
Páginas: 248

Oi, pessoal!

Hoje vou trazer a resenha do terceiro livro da série Na Companhia de Assassinos, da autora J. A. Redmerski. O Cisne e o Chacal relata a vida do personagem mais sombrio, Fredrik Gustavsson. 

No livro anterior, conhecemos um pouco da sua história. Soubemos que ele foi casado com Seraphina e viveram momentos perversos juntos. Ela foi a única mulher que Fredrik amou, mas misteriosamente a sua esposa sumiu e ninguém soube mais do seu paradeiro. 

Mesmo depois de seis anos, ele ainda não conseguiu tirá-la da cabeça e segue com o seu plano de encontrá-la. 

Pitacos do Marcola: Eu tenho preconceito com o seu preconceito literário



O assunto de hoje vai ser polêmico. Isso porque trata de algo sórdido, nefasto, mas que todos, em algum momento de nossas vidas, já fizemos.

Preconceito Literário.

Ele se caracteriza por criarmos uma imagem ruim sobre seres que leem livros que não agradam a pessoa preconceituosa em questão. Muitos são os tipos “proibidos” de leitura, até porque são muitos tipos de idiota que se acham os donos da verdade.

Trilogia 50 Tons, Saga Crepúsculo, Augusto Cury, A Cabana, O Segredo, Dan Brown, Paulo Coelho (nosso escritor mais lido, o escritor vivo mais conhecido no mundo sofre preconceito e dos grandes em seu próprio país). 

O pior disso tudo é que não importa o número de densos calhamaços clássicos que você tenha destrinchado em sua vida prévia, sempre vai ter um metido a intelectual que vai te rotular por ler um livro; que não cabe no padrão que só existe na mente distorcida dele. Para piorar ainda mais, na maioria das vezes nunca leram o título ou algo do mesmo gênero.

Quando alguém fala mal de um livro para mim, eu sempre questiono: "Você já leu?". Mais de 90% das pessoas não conhece a obra, e nunca vai conhecer, porque têm ridículas travas em seus cérebros que as impedem de vivenciar novas experiências sem usar de pré-julgamentos.